top of page

Golpe dos Falsos Escritórios de Advocacia



Não é de hoje que inúmeras tentativas de golpe são aplicadas nos mais diversos ramos de atuação. O que mais temos visto são redes sociais clonadas, solicitação de transferência bancária e, até mesmo, o auxílio emergencial foi usado para tirar dinheiro das vítimas. Essas práticas criminosas estão se tornando cada vez mais sofisticadas e representam uma séria ameaça à segurança financeira e à privacidade das pessoas.


A área da advocacia é altamente visada por ataques.


Como os criminosos agem?

Se passando por advogados, assessores, funcionários de escritórios ou mesmo do Tribunal de Justiça de São Paulo. Eles alegam possíveis erros em rescisões trabalhistas para aplicar golpes. Por meio de cartas, e-mails, telefonemas e WhatsApp, solicitam adiantamentos de valores para supostos pagamentos de ações judiciais. Esses golpistas exploram a confiança das vítimas em momentos legais delicados, causando danos devastadores. É uma prática criminosa extremamente prejudicial.


Como eles tem acesso aos seus dados?

Em alguns casos, informações sobre o histórico de emprego podem estar disponíveis em fontes públicas, como registros de empresas, diretórios comerciais ou bancos de dados de emprego. Isso pode permitir que outras pessoas descubram a empresa onde você trabalha ou trabalhou.


O que estamos fazendo para coibir estes golpes?

Estamos adotando medidas rigorosas para coibir esses golpes. Recebemos frequentemente denúncias de tentativas de estelionato, as quais consideramos de extrema importância para combater esses crimes. Ao recebermos tais denúncias, relatamos o ocorrido à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e orientamos nossos funcionários e ex-funcionários a nunca fornecerem dados pessoais em hipótese alguma. Além disso, é importante ressaltar que a Lumini RH jamais compartilha dados pessoais de colaboradores e ex-colaboradores com qualquer empresa ou instituição. Estamos comprometidos em proteger a privacidade e a segurança de todos os envolvidos.


Aqui estão algumas orientações importantes:


1. É extremamente importante anotar o número do telefone que fez a ligação e tirar uma foto da tela (print) caso a comunicação tenha sido por mensagem de texto ou e-mail. Essas medidas auxiliarão na hora de fazer o boletim de ocorrência e, se possível, registre-o o quanto antes.


2. Ao receber qualquer mensagem ou ligação com esse teor, sem jamais confiar em números de telefone fornecidos pelos próprios criminosos. Não informe dados pessoais e peça o numero do Registro da OAB do suposto Advogado.



3. Não acesse nenhum link enviado por um número desconhecido e evite fornecer informações pessoais.


4. É fundamental que você informe imediatamente a empresa em que você trabalha ou trabalhou para que medidas cabíveis possam ser tomadas contra esses criminosos. Agir rapidamente é essencial para proteger sua segurança e ajudar no combate a essas práticas ilícitas.


Além disso, a OAB (Ordem dos Advogados de São Paulo) lançou uma campanha de conscientização com o objetivo de disseminar informações e orientações para um grande número de pessoas em todo o país, com foco especial no estado de São Paulo. Essa iniciativa visa combater o exercício ilegal da advocacia por empresas, associações ou advogados que não possuem a devida habilitação profissional.

A OAB SP, por meio de sua diretoria, Conselho Secional e Comissão de fiscalização profissional, atua constantemente para evitar essa prática, que é uma violação ao Código de Ética e Disciplina e ao Estatuto da Advocacia, Lei Federal nº 8.906/1994.


É fundamental que todos fiquem atentos e bem-informados para evitar cair nas armadilhas dos golpistas.


Diante dessa realidade, é imprescindível que todos estejam plenamente conscientes dos riscos e adotem medidas de segurança para resguardar seus dados e prevenir fraudes.





Comentarios


bottom of page